Ducati Diavel 1260 Lamborghini

A série web da Ducati World Première  chegou ao seu quarto episódio, durante o qual o fabricante de Bolonha revelou a nova Diavel 1260 Lamborghini.

Com uma produção que será limitada a 630 unidades numeradas, a Diavel 1260 Lamborghini nasceu da colaboração entre duas prestigiadas marcas que têm as suas raízes no Motor Valley, a terra dos motores na Emilia-Romagna, onde se podem encontrar muitas das marcas mais desportivas e desejadas de motos e automóveis no mundo.

Inconvencional, única, absolutamente inconfundível: a Diavel 1260 é o modelo da gama Ducati que impressiona os entusiastas por toda a parte pela sua personalidade, pelo comportamento em estrada de uma naked desportiva, pelo seu motor puro-sangue e o seu design.

Para levar a cano este projeto, os designers da Ducati optaram por se inspirar no Siàn FKP 37, o automóvel mais prestigiado já construído pela Lamborghini: com apenas 63 unidades disponíveis, cada uma delas personalizada de acordo com os requisitos específicos do cliente, é uma obra prima de exclusividade, design e inovação. Inspirado pelo Countach, tem linhas afiadas como uma lâmina, elegância aerodinâmica e uma silhueta inconfundível. Produzindo uma potência térmica e elétrica combinada de 819 cv (602 kW), o Siàn FKP 37 é o mais potente Lamborghini jamais produzido.

“Ao criar uma Diavel inspirada pelo Siàn, estamos a celebrar os valores que partilhamos com a Lamborghini: somos italianos, desportivos, e o design é um elemento distintivo para as nossas criações”, diz Andrea Ferraresi, Direto do Centro Stile Ducati. “A Diavel 1260 Lamborghini foi desenhada usando a mesma linguagem estilística que distingue este automóvel superdesportivo, por isso redesenhámos os elementos que mais caracterizam a Diavel. Por exemplo, as jantes, que são um componente fundamental numa moto como esta, são forjadas e aproximam de imediato a moto do carro. Toda a superestrutura foi feita em fibra de carbono, um material preciso e leve. O resultado é uma moto com uma grande ‘presença em palco’, uma verdadeira peça de colecionador do ponto de vista do estilo e 100% Diavel em termos de condução.”

“Estamos convencidos de que o nosso design é forte e um dos mais reconhecíveis do setor automotivo”, diz Mitja Borkert, Responsável de Design da Automobili Lamborghini. “A silhueta única, limpa mas extremamente distinta, define a base da nossa linguagem de design. A nossa abordagem visionária ao design permite-nos transferir o nosso ADN para outros produtos: isto foi conseguido através de um forte trabalho de equipa, partilhando nosso estilo e a vantagem de sermos duas marcas inspiradas pelos mesmos valores e um compromisso com a ‘diversão de conduzir”.

A Diavel 1260 Lamborghini é o resultado do trabalho conjunto entre o Centro Stile Ducati e o Centro Stile Lamborghini. Foi concebida transferindo os componentes básicos de design do Siàn FKP 37 para o mundo das motos e redesenhando as partes que mais caracterizam a Diavel.

Primeiro que tudo, as jantes forjadas, leves e com um novo design, mas também as entradas de ar e coberturas do radiador, feitas em fibra de carbono ao sobreporem elementos flutuantes à estrutura principal.

O esquema cromático da Diavel 1260 Lamborghini foi conseguido utilizando a mesma pintura exata do Siàn FKP 37, com as superestruturas caracterizadas pela cor “Gea Green”, enquanto que o quadro, o extremo traseiro do assento e as jantes forjadas usam a cor “Electrum Gold”. Também existe um toque de “Ducati Red”, recordado na cor das pinças de travão radiais Brembo M50.

Outros importantes elementos identificativos do design Lamborghini são o hexágono e o motivo em “Y”. Esta versão especial da Diavel presta homenagem ao primeiro na forma do escape e ao segundo graças aos detalhes estéticos criados no assento.

Os pormenores da moto que o Centro Stile Ducati redesenhou para este projeto específico são todos feitos em fibra de carbono. Para além das já mencionadas tampas do radiador e entradas de ar, a cobertura do silenciador, spoiler, cobertura central do depósito, guarda-lamas dianteiro e traseiro, cobertura do painel e estrutura da ótica são também feitas em carbono.

A presença do 63 destaca-se no esquema gráfico, um número importante para o fabricante de Sant’Agata Bolognese, que foi fundado em 1963.Multiplicando este número por dez obtemos as 630 unidades numeradas que serão produzidas deste modelo, cada uma delas com o seu número único de produção numa placa em alumínio aplicada no quadro.

Aos proprietários da Diavel 1260 Lamborghini será possível adquirir um capacete exclusivo com um grafismo especial coordenado com a moto, desenhado pelo Centro Stile Ducati.

O coração da Diavel 1260 Lamborghini é o Ducati Testastretta DVT de 1262 cc com distribuição variável. Este motor com homologação Euro 5 é capaz de entregar 162 cv (119 kW) às 9.500 rpm e 129 Nm (13,2 kgm) às 7.500 rpm com uma curva de binário plana desde os baixos e médios regimes, garantindo uma resposta vigorosa e enérgica em qualquer altura.

Algumas das características-chave da Diavel 1260 Lamborghini são a típica posição de condução “power cruiser” e ergonomia do modelo Diavel, bem como quadro em treliça de tubo de aço exposto, o pneu traseiro com 240 mm de largura, o monobraço em alumínio e as suspensões Öhlins à frente e atrás. O chassis garante elevados níveis de manobrabilidade e ângulos de inclinação, mas também um excelente nível de conforto. As jantes forjadas e os componentes em fibra de carbono permitem à Diavel 1260 Lamborghini ter um peso a seco de apenas 220 kg.

A eletrónica sofisticada assegura, em simultâneo, prestações de topo e a máxima segurança. A unidade de medição inercial de 6 eixos da Bosch (6D IMU) é capaz de detetar instantaneamente a velocidade e a aceleração da moto e permite a operação de muitos dos sistemas de controlo equipados na Diavel 1260 Lamborghini. O pacote de eletrónica inclui o Bosch Cornering ABS EVO, Ducati Traction Control EVO (DTC), Ducati Wheelie Control EVO (DWC), Ducati Power Launch EVO (DPL) e Cruise Control.

A atenção ao pormenor prestada a este modelo pode ser vista logo na fase inicial, quando os logótipos das duas marcas aparecem no ecrã TFT do painel de instrumentos, acompanhados pela silhueta da Diavel Lamborghini.

A Diavel 1260 Lamborghini junta-se à gama Diavel 1260, que para 2021 vê todos os seus modelos terem aprovação Euro 5, nos países que adotam esta legislação. A Diavel 1260, na cor Dark Stealth, e a 1260 S, disponível em vermelho e preto, estarão disponíveis com a nova homologação a partir de inícios de dezembro nos Vendedores Autorizados Ducati, enquanto que a Diavel 1260 Lamborghini estará disponível a partir do final de dezembro.

About Author /

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Start typing and press Enter to search